domingo, 27 de julho de 2008

Rubane à chuva

A viagem tinha como destino Cap Skirring no Senegal. Um dia destes quando estávamos todos com as malas preparadas para partir recebemos a notícia de que a jangada tinha afundado. Coisas que acontecem em todo o lado mas que aqui demoram um pouco mais a serem resolvidos. Não havendo grandes soluções para atravessar o rio em S. Vicente e chegar à fronteira Norte, fomos para as ilhas. O mês de Julho não é o mês perfeito mas não foi isso que impediu nova ida até Bubaque e Rubane. Tudo se resolve em pouco tempo. A época aqui é baixa.



Tomar banho no mar quente à chuva também tem o seu encanto. Junta-se um grupo simpático e fazemos fim de semana diferente. A habitual quantidade de muito peixe e preços muito convidativos. Não digo para não chocar.

Já de regresso, entre outros pontos altos, tivemos um parto a bordo do Expresso dos Bijagós.

1 comentário:

Clara Hugman disse...

Olá Miguel!
E uma pessoa aqui neste mar Algarvio a congelar os ossos, e o vento da Meia Praia a não nos deixar tranquilos na toalha ,nem para ler umas folhinhas do "livrito".
...Como eu prefiro aí....Inventar, inventar todos os dias....
Mas fomos até Madrid e a estadia estava optima , muita coisa interessante para ver e para fazer.
O S. já terminou as férias e regressou,no ultimo Domingo 27 aí.
Acho que vai precisar de um reforço dos amigos daì ...estava dificil para sair do conforto da familia toda reunida.
Para ires para o Senegal cuidado .O colega do S.,vinha de DaKAr com a familia e em Casamansse , rebeldes balearam-lhe o carro com três tiros, felizmente sairam sem ferimentos porque uma das balas ficou a poucos cm do pequenino G. de 15 meses.
Esperando que as águas por aqui aqueçam , vai um grande abraço e muita força .
Clara