segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Fora de jogo

Este ano o início do campeonato de futebol na Guiné-Bissau está atrasado. Alguém me perguntava o que se passava. Não é fácil conseguir notícias ou esclarecimentos. O braço-de-ferro entre os clubes da primeira divisão e a Federação continua e, por esse motivo, as provas oficiais que deviam ter início em Dezembro passado ainda não arrancaram.

Diz o jornal O Jogo: Os clubes de futebol da Guiné-Bissau entregaram no início de Janeiro ao Procurador-Geral da República uma denúncia de alegada gestão danosa dos fundos da Federação. De acordo com o seu porta-voz, Paulo Mendonça, os clubes "esgotaram todas as vias do diálogo" com o Comité Executivo da Federação de Futebol e por isso decidiram avançar para a justiça, pedindo a intervenção da Procuradoria.

De acordo com este responsável, a Federação, "além de gerir mal e de forma danosa" os fundos doados pela FIFA e outras instituições, recusa-se a respeitar os estatutos, no que concerne a prestação de contas aos associados. Estamos no terceiro ano consecutivo sem a realização do Congresso (Assembleia-Geral), sem aprovação das contas, orçamentos e planos de actividades da Federação".

Os clubes do futebol guineense esperam agora a intervenção da Procuradoria e ainda uma tomada de posição da FIFA, principal financiadora do desporto-rei da Guiné-Bissau.

Ficamos à espera da festa do futebol africano.

http://www.ojogo.pt/Directo/NoticiaHora_futintguinebissauclubesacusamfed_070110_216047.asp

2 comentários:

Andread disse...

Ainda terás que ser tu a tomar conta da Federação, amigo.

Adriana disse...

Tens é de arranjar os ténis adequados entretanto :)