quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Ilhas do Sul

A sensação é óptima. Antes de chegar já sabemos que vamos gostar. A habitual recepção familiar e muita animação com crianças à mistura. Foi mais um fim de semana de pés descalços, praia, mergulhos e pesca. A comida e conversa nunca faltaram.

Aproveitando a vinda do grande africanista JM partimos para as ilhas do sul de João Vieira. Enquanto noutros locais a lei do velho far west parecia imperar aqui pescar barracudas nunca pareceu tão fácil. Mesmo sem equipamento. Depois churrasco na sombra da areia da praia. Há ilhas desertas e paisagens incríveis. É preciso lá ir para sentir. A ilha do Meio é assim.







Há momentos únicos na natureza mas há uns mais do que outros. Tivemos a oportunidade no Cavalo de estar a um palmo de uma piton e acompanhar durante mais de meia hora a refeição do mês. Foi verdadeiro estilo National Geographic. Assistimos à entrada da iguana para o desconhecido e desfrutámos dos movimentos próprios dos contorcionistas. Parecia haver sempre um pouco mais de espaço. Vou tentar arranjar o filme.



Brevemente há mais. Já está tudo a ser preparado e há sempre lugar para mais um. Contamos contigo TC?...

1 comentário:

Ana disse...

Boa tarde,

Tenho visto o seu blog porque pretendo ir à Guiné-Bissau
Como me parece que aproveita (bastante bem) o seu tempo livre a visitar o país fora de Bissau, gostaria de lhe pedir algumas indicações:

- Que ligações há de Bissau para os Bijagós? Com que regularidade? Qual o custo? Para que ilhas existem ligações?

- Em que condições está a estrada para Bafatá e Geba? Encontra-se facilmente alojamento? A que custo Quanto tempo se leva de carro?



Desde já lhe agradeço,

Ana Correia
(anacorreia3@gmail.com):



PS: Aproveito para lhe dizer que vi o site da Delegação da Comissão Europeia na Guiné, parece-me que falta uma coisa essencial…….um mapa da Guiné.