quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Calhau na Praia

As férias não convidam a visitas ao computador e a 3ª parte foi ficando para mais tarde. Agora, depois de alguns dias nas nossas fantásticas praias e de um excelente jantar caseiro com a F & B, escrevo finalmente o último capitulo sobre Cabo Verde.

As famosas praias de São Vicente… ficaram também por descobrir. Ouvimos dizer que merecia muito a pena visitar a Baía das Gatas. Segundo os locais uma das praias mais bonitas do mundo mas rapidamente percebemos que era o 2º local de peregrinagem depois de Meca. Para chegar optámos pelo meio de transporte tradicional, carrinha hiace onde cabe sempre mais um. Passeio estilo cultural com música africana no volume máximo. O dia ideal para visitar a Baia das Gatas é o Domingo pois é também o dia de encontro das famílias e animais de estimação. Chegamos e encontramos uma praia meia rochosa meia artificial, cheia de pequenas e grandes recordações, conchas, lixo, caixas de plástico, pedaços de vidros verde de garrafa que iam dando uma cor muito especial à pouca areia que se conseguia encontrar… e muito mais. Ao contrário do que estamos habituados e por isso destoámos do grupo, parece que é obrigatório levar tenda de campismo (o maior possível) e muitos tachos para o almoço. A praia não tem ondas e conseguimos molhar-nos quase até ao joelho.

Outra atracção turística de São Vicente, esta no Mindelo, é a Praia da Laginha. Constata-se que é ponto de paragem obrigatório para descobrir a mais preciosa actualidade do desenvolvimento cabo verdiano. Uma praia em plena cidade com direito a uma estrada movimentada a poucos metros da areia, fábricas, silos, fumos industriais e retroescavadoras em pleno funcionamento. A não perder para quem gosta do estilo.

Uma visita a São Vicente não fica completa sem conhecer o Calhau. O caminho de Mindelo até à Praia de Calhau é essencial para quem gosta de paisagens monótonas e sem grande interesse. Depois de chegar ao pequeno amontoado de casas sem graça chamado Calhau, conseguimos encontrar caminho para o mar. Desta vez não nos podemos queixar muito, de facto nesta praia não havia ninguém… não é difícil de perceber a razão. Deu para tomar um banho rápido nas rochas. A vista é bonita.

Mas para não pensarem que São Vicente não consegue surpreender positivamente, deixo umas fotografias da Praia de São Pedro. Talvez a zona mais bonita de São Vicente. Aqui já conseguimos encontrar aquilo a que temos por hábito chamar praia. Foi onde aproveitei para fazer mergulho e foi fantástico. As aguas são limpas e muito transparentes o que torna tudo mais apetecível.





Turismo a sério é na Guiné-Bissau. Há muita gente que anda distraída.

Para mim daqui a pouco será Arrifana.

2 comentários:

Nuno Caldeira da Silva disse...

Ainda acabas nomeado Embaixador Plenipotenciario da Republica da Guine-Bissau..... na Tailandia

Sill Scaroni disse...

Maravilhosa Bissau.
Muito bonito o teu blog.