sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Natal em África

Como escrevi um dia destes a aventura em África contínua. Já passaram mais de oito meses e continuo por aqui. Não existem razões de queixa. A Guiné-Bissau é um país fascinante, cheio de contrastes e onde se aprende todos os dias as coisas mais simples da vida. Sem dúvida que aqui as preocupações e necessidades sentidas por muitos são verdadeiramente outras. Este ano o meu Natal, para quem ainda não sabia, está a ser vivido em Bissau. As ausências têm de ser ultrapassadas. São vários os motivos mas a experiência não ficaria completa sem um Natal passado nesta terra…

As tradições são diferentes. Sente-se pouco o clima de festa. As ruas ficaram meio desertas e quase todo o comércio fechou. Os feriados, independentemente daquilo em que se acredite, são para se respeitar religiosamente. A agitação das compras passa completamente ao lado. Não há centros comerciais ou ruas com grandes lojas. Vive-se com muito menos. Falei com algumas pessoas que me disseram não saber se teriam dinheiro para ter arroz em casa durante estes dias de Natal. Não se vê as tradicionais iluminações de Natal nas ruas (até porque não há electricidade!) e também não há pessoas a passear com sacos coloridos cheios de presentes… tudo é mais calmo e quase todos ficam em casa.

A religião maioritária não é a católica mas sim a muçulmana, seguida de muito perto pelos animistas. A Missa do Galo foi na Catedral às 21h30 mas eu só fui no dia seguinte. Houve cânticos e animação mas não tanta como na missa da véspera. De manhã já não houve presépio vivo com o Menino Jesus de sapatos. A igreja é parecida com as grandes catedrais que conhecemos mas muito diferente…

Alguns dos que por cá ficamos organizámos um jantar na véspera de Natal e no final éramos 13. Havia várias nacionalidades mas não tantas como de costume. Estavam representados: Portugal, Itália, Espanha, Dinamarca, Eritreia, Inglaterra. Acho que não me esqueci de ninguém. Várias religiões e tradições. Todos contribuímos para a festa e havia comida para todos os gostos. Tivemos direito entre outras coisas a queijos e chouriços, camarões, tortellini e dois pratos de bacalhau. As lulas ficaram para o dia seguinte. Houve sumol de laranja light e também mousse de chocolate, bolos, torrones e figos. Não dançamos à volta da árvore como outros mas fizemos uma troca de presentes.

Ontem joguei ténis à tarde.

Espero que todos dentro do possível tenham tido um Santo Natal ou feito por isso.

1 comentário:

megat disse...

I think your blog is really interesting ... especially this post :)